sábado, 31 de maio de 2008

FELIZ ANIVERSÁRIO, SIMONE!


Hoje é aniversário da minha querida irmã Simone!

Linda irmã, que você seja sempre, sempre muito feliz nesta vida!

Te amo muito!!!

Agora apague as velinhas!!!!

Marcadores: ,

BLOGAGEM COLETIVA: A VIDA SEM CIGARRO


Hoje, 31 de maio, é o dia estabelecido pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como o dia mundial sem tabaco. Esta postagem faz parte da blogagem coletiva organizada por Nando e Nana.

Escrevo sob a perspectiva de alguém que não fuma e nunca experimentou o primeiro cigarro na boca. Por isso, desde já, peço perdão aos meus amigos fumantes, caso se sintam ofendidos de alguma forma, já que nada aqui se trata de algo pessoal, está certo? Como o assunto é vastíssimo, gostaria de focar a minha participação destacando dois aspectos do ato de fumar: o primeiro é a visão de uma não-fumante que se preocupa com o fato de ser "fumante passiva", já que muitas vezes sofro este tipo de experiência em lugares públicos. Infelizmente no Rio de Janeiro ainda vejo pessoas fumando em lugares ditos 'proibidos'. Devo dizer primeiramente que destesto cigarro.... Quando alguém fuma perto ou não tão perto de mim, sinto o cheiro mesmo de longe. Para o não-fumante, o cigarro sempre deixa um rastro de seu cheiro muito desagradável. Sou alérgica a qualquer cheiro muito forte, então imagine você estar em algum lugar respirando bem e de repente começar a espirrar sem parar por conta de alguém que está fumando perto de você?? Sofro de rinite alérgica e cigarro para mim é veneno. Quem sofre deste problema, sabe do que estou falando. É muito ruim mesmo - eu não fumo, porém muitas vezes, sofro as conseqüências dos malefícios que o fumo traz.

Outro aspecto que eu gostaria de focalizar é o que se pode fazer para ajudar o fumante parar de vez com esta dependência do fumo. Não sou da área médica e o que escrevo aqui tem como base alguns textos e pesquisas que fiz na internet para esta blogagem. Já está mais do que comprovado pela OMS e outros órgãos oficiais de saúde que o hábito de fumar é uma doença, portanto, ela deve ser tratada como tal, já que como todos sabemos, cigarro mata. Ano passado, o pai de uma grande amiga minha foi derrotado pelo câncer nos pulmões devido a muitos anos deste vício do fumo.

Então, vejamos o primeiro tópico, do fumante passivo. O que signifca ser fumante passivo? Segundo este site,

"o fumante passivo é o indivíduo que não fuma, mas está exposto à fumaça de cigarros de parentes, amigos ou colegas de trabalho. O cigarro é o maior poluidor ambiental doméstico, segundo a OMS. Como as pessoas passam 80% de seu tempo em locais fechados no trabalho, nas residências ou em locais de lazer há grande risco de exposição excessiva a esta fumaça. Os efeitos nocivos de fumar ativamente são conhecidos há muitas décadas. Atualmente se reconhece que os não fumantes têm muitas doenças que os fumantes costumam apresentar, justamente por estarem expostos à fumaça do cigarro".

O mesmo site explica quais são as conseqüências do fumo passivo em adultos e crianças e quais são os benefícios da prevenção do fumo passivo. O mais importante deles na minha opinião é este:

"Filhos de pais e mães que não fumam terão maior probabilidade de não serem fumantes".

Esta constatação eu tenho aqui mesmo em casa e entre meus familiares: ninguém de minha família é fumante, todos detestam cigarro.

Um fato importante que aprendi nestas leituras diz respeito à força de vontade ou não do fumante parar de fumar. Eu antes pensava que apenas força de vontade seria suficiente para o alguém deixar o vício de fumar, mas segundo especialistas, pouquíssimas pessoas conseguem parar de fumar por vontade própria. A grande maioria precisa de ajuda médica mesmo, afinal, repito, trata-se de dependência química - fumar é doença.

Segundo Dr. Raphael Stelmach, da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia,

"quando, além da força de vontade, o paciente tiver acompanhamento médico e acesso à medicação e reposição de nicotina, suas chances de sucesso no abandono do cigarro aumentam em 40%".

Sabe-se também que apesar do cigarro conter mais de 4700 substâncias tóxicas ao organismo, o que na verdade causa a dependência química é a nicotina.

Dr. Sérgio Ricardo Santos alerta-nos que

"nunca devemos obrigar alguém a tentar parar, mas é importantíssimo trazer informações suficientes para que o fumante possa, aos poucos, desenvolver o desejo de parar. Existem algumas maneiras de ajudar, que podem ir de um simples conselho até um tratamento medicamentoso com acompanhamento de profissionais especializados nesta tarefa".


A internet está repleta de informações sobre como parar de fumar. Mas é importante que este processo seja acompanhado por especialistas, como sugere o Dr. Sérgio.

Leiam neste link, o relato de algumas pessoas que pararam de fumar e hoje vivem muito melhor. Tem também um questionário na página para medir o grau de dependência do fumante.
Espero sinceramente que esta blogagem crie momentos "Eureka!" na mente de muitos fumantes que desejam parar de fumar, pois certamente estarão ganhando um grande presente: mais qualidade de vida, e, conseqüêntemente, mais saúde. Além das referências citadas acima, sugiro mais alguns sites interessantes tanto para fumantes quanto não fumantes se aprofundarem mais sobre o assunto:

Um ótimo sábado para vocês!!

Marcadores: ,

terça-feira, 27 de maio de 2008

31 de maio - Dia mundial sem tabaco


Nando Damázio e a Nana estão organizando uma blogagem coletiva sobre anti-tabagismo. O objetivo é escrevermos sobre algum aspecto do tabagismo.
Eu vou participar e se você quiser participar também, entre em contato com o Nando ou a Nana.

Marcadores: ,

Coloquei um slide para vocês assinarem!


Olá, amigos,

Ficarei grata se vocês assinarem o meu ' álbum de visitas'! Está logo ali no lado esquerdo do meu blog!

Tenham todos uma ótima semana!

fonte gravura: google imagens

Marcadores: ,

domingo, 25 de maio de 2008

EM DEFESA DA INFÂNCIA - PARTE 2


Hoje, além de ser o dia nacional da adoção, também é dia de blogagem coletiva promovida pelo blog Diga não à Erotização Infantil, Em Defesa da Infância,com especial atenção `as milhares de crianças que desaparecem no Brasil e muitas vezes nunca mais voltam para casa. Os organizadores do site nos pediram para divulgar o Movimento pela criação do alerta Amber no Brasil. Talvez alguns de vocês devam estar se perguntando assim como eu já o fiz, o que é o Alerta Amber? Este alerta foi criado nos Estados Unidos com o objetivo de ajudar a encontrar crianças desaparecidas com mais rapidez e com desfechos mais felizes. Assim, explicam os organizadores do movimento:

"Queremos que um alerta semelhante seja implementado em nosso país. Em cerca de 75% dos raptos, a criança é morta nas primeiras horas por seus seqüestradores e cerca de 10 a 15% das crianças desaparcidas podem jamais ser encontradas. A criação de um cadastro e alerta efetivo de crianças raptadas poderia mudar esse contexto, salvando vidas, quando a notícia do desaparecimento da criança fosse alardeada rapidamente, principalmente pelos meios de comunicação. Recentemente, o Deputado Alfredo Kaefer apresentou, na Câmara dos Deputados, projeto de lei para criação do alerta nacional. Queremos pressionar para que seja rapidamente aprovado e efetivado"

Nosso desejo é que este tipo de cadastro - Alerta Amber- seja logo aprovado e entre em vigor também no Brasil. Reproduzo abaixo dois textos bem explicativos extraídos do blog dos organizadores desta blogagem coletiva. O primeiro nos explica como funciona o Alerta Amber nos Estados Unidos e como podemos aprender com a experiência implantada por lá. O segundo texto mostra um pouco da situação brasileira quando uma criança desaparece.

ALERTA AMBER NOS ESTADOS UNIDOS

O seqüestro de uma criança é o maior pesadelo que os pais podem ter. No entanto, é uma realidade que milhares de pais encaram todos os anos. Nos Estados Unidos, cerca de 800 mil crianças desaparecem todos os anos (aproximadamente 2 mil por dia) de acordo com a Secretaria de Justiça Juvenil e Prevenção de Delinqüência (Office of Juvenile Justice and Delinquency Prevention - em inglês) do Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Aproximadamente 1/3 das crianças dadas como desaparecidas foram seqüestradas e cerca de 1/5 destas crianças seqüestradas foram levadas por pessoas que não fazem parte da família.

Em resposta a esse grave problema, muitos estados criaram uma rede de ação para crianças desaparecidas, conhecida como AMBER, usada para avisar o público quando uma criança é seqüestrada. AMBER (Desaparecidos da América: ação para transmissão de emergência) é um programa que cumpre as leis, usa os meios de comunicação por rádio e televisão e uma rede de sinais eletrônicos.

Neste artigo, você vai aprender como o programa foi desenvolvido e como é usado na recuperação de crianças desaparecidas.

O alerta AMBER é uma homenagem a uma garotinha de Arlington, Texas, que foi seqüestrada e morta em 1996. Amber Hagerman, que tinha 9 anos na época, estava andando de bicicleta quando um vizinho ouviu um grito. Ele correu e viu um homem puxá-la de sua bicicleta, jogá-la no banco da frente de seu caminhão e ir embora.

Quatro dias depois, o corpo de Amber foi encontrado em um canal a 6 quilômetros de sua casa. Seu seqüestro e assassinato nunca foram esclarecidos.

A morte de Amber provocou um protesto em Dallas, na região de Fort Worth, estimulando a Dallas/Fort Worth Association of Radio Managers (Associação de Administradores de Rádio de Dallas/Fort Worth) a implementar um método rápido de alerta ao público, aos meios de comunicação e à polícia, sempre que uma criança for seqüestrada. Este plano, que originou o plano de alerta AMBER, transmitia alertas sempre que uma criança era seqüestrada. Em julho de 1997, estações de rádio começaram a transmitir também. Estações de televisão começaram os anúncios em 1999.

Transmitindo a mensagem

O objetivo por trás do AMBER e outros planos semelhantes é resgatar a criança nas primeiras horas após seu seqüestro. As autoridades dizem que estas são as horas críticas: a cada hora que passa, o seqüestrador tem a oportunidade de levar a criança para mais longe de casa. De acordo com um estudo realizado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, 74% das crianças seqüestradas e encontradas mortas foram assassinadas nas primeiras horas após o desaparecimento.

Existem mais de 90 planos estaduais e locais e cada um é diferente do outro, mas todos seguem etapas básicas:

  • autoridades policiais confirmam que o seqüestro realmente ocorreu (o alerta não é emitido em caso de fugas);

  • autoridades policiais determinam alguns critérios para definir uma pessoa desaparecida (como ser menor de 18 anos e estar correndo perigo). Os critérios variam de plano para plano. Alguns apenas ativam os alertas para crianças de até 12 anos;

  • autoridades policiais coletam informações a respeito da criança, do seqüestrador e de seu veículo, através de testemunhas;

  • entra-se em contato com os meios de transmissão, incluindo estações de TV e rádio;

  • as estações de rádio e TV interrompem suas programações para transmitir informações a respeito do seqüestro, usando o EAS - Sistema de Alerta de Emergência (Emergency Alert System - em inglês). Os boletins incluem a descrição da criança e qualquer informação pertinente observada pelas testemunhas;

  • as autoridades policiais trabalham junto com o Departamento de Transportes para divulgar informações nos monitores eletrônicos das estradas a fim de aumentar o conhecimento público a respeito do seqüestro.

Se o plano funcionar, o público fornece informações para as autoridades policiais e, na melhor das hipóteses, a informação leva até a recuperação da criança.

Em 30 de abril de 2003, o presidente americano George W. Bush aprovou o PROTECT Act (em inglês)de 2003, criando um sistema nacional de alerta AMBER. O PROTECT (Prosecuting Remedies and Tools Against the Exploitation of Children Today - Medidas e Ferramentas Processuais contra a Exploração de Crianças nos dias de hoje) também inclui uma nova legislação para impedir pornografia infantil.

A mãe de Amber Hagerman foi até a Casa Branca para testemunhar a assinatura da nova lei, pelo presidente Bush.

“É importante expandir o sistema de alerta AMBER para que policiais e xerifes consigam milhares ou até milhões de aliados na procura por crianças desaparecidas,” declarou o presidente Bush momentos antes de assinar a nova lei. ”Qualquer pessoa que pense em seqüestrar uma criança deve saber que uma ampla rede está sendo formada. Eles podem ser encontrados por um carro-patrulha ou nas rodovias. Os criminosos devem saber que qualquer motorista pode localizá-los e levá-los até a justiça”.

A lei relacionada ao plano de alerta AMBER determina o seguinte:

  • um coordenador do alerta AMBER no U.S. Department of Justice (em inglês);

  • um orçamento de US$ 30 milhões para expandir, intensificar e conectar os programas locais aos estaduais já existentes. O financiamento também ajudou a criar os programas de treinamento AMBER para as autoridades policiais e emissoras de rádio e televisão e ajuda a melhorar o serviço de central telefônica (até setembro de 2006, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos havia gasto US$ 12 milhões).

Histórias de Sucesso

Conforme o alerta AMBER vai se popularizando por toda a nação, vai tendo mais sucesso na recuperação de crianças seqüestradas. Até setembro de 2006, 200 crianças haviam sido salvas.

Veja a seguir algumas recentes histórias de sucesso:

  • Deer River, Minnesota (setembro de 2006)
    Um garoto de 4 anos de idade foi seqüestrado pelo namorado de sua mãe, um transgressor sexual com passagem pela polícia. O garoto é cego, vive em uma cadeira de rodas, tem epilepsia e paralisia cerebral. Um alerta AMBER foi enviado e informações sobre a van do seqüestrador foram colocadas nas estradas principais. Um dia depois, alguém localizou o veículo do suspeito e chamou a polícia. O garoto foi resgatado em segurança.

  • Memphis, Tennessee (julho de 2006)
    Uma garota de 16 anos estava com um amigo quando um homem espancou o rapaz e a seqüestrou. Um alerta AMBER foi rapidamente enviado e um cidadão da Georgia, acordado pelo alerta, viu o veículo do suspeito e entrou em contato com a polícia. A jovem foi recuperada em segurança e o suspeito foi preso.

  • Barron County, Wisconsin (junho de 2006)
    Um bebê de 16 meses foi seqüestrado da casa de sua avó, pela mãe que não tinha a guarda da criança. A mãe do encontrou-se com o pai da criança, que também não tinha a guarda. A mãe da criança parecia estar drogada no momento do seqüestro. Os dois seqüestradores ouviram o alerta AMBER e largaram o bebê na casa de um amigo. Ele foi recuperado em segurança.

  • Park Hills, Missouri (maio de 2006)
    Uma garotinha de 4 anos estava com a mãe e as duas forma seqüestradas pelo pai da garotinha, que estava armado com uma faca. As autoridades enviaram o alerta AMBER. Receberam uma pista de que o pai planejava levá-las para fora do Estado e o alertas AMBER foram ativados nos Estados mais próximos de Illinois e Winsconsin. Alguém reconheceu o veículo e avisou as autoridades. A garota e sua mãe foram recuperadas em segurança.

  • Ramapo, Nova Iorque (abril de 2006)
    Uma garota de 13 anos foi seqüestrada enquanto voltava da escola à pé. Um carro parou próximo a ela e testemunhas viram os passageiros empurrarem a garota para dentro do porta-malas e saírem com o carro em alta velocidade. As autoridades enviaram um alerta AMBER e uma mulher que viu tudo pela TV percebeu que o tal carro estava em sua propriedade. Ela chamou a polícia, que ao chegar encontrou a criança ainda trancada no porta-malas. Ela foi recuperada em segurança.

  • Fonte: HowStuffWorks Brasil

    http://diganaoaerotizacaoinfantil.wordpress.com/2007/09/23/como-funciona-o-alerta-amber-nos-estados-unidos/)


    E no Brasil, o que acontece quando uma criança desaparece?


    O número é assustador. Todos os anos, aproximadamente 40 mil crianças desaparecem no Brasil. Ou seja, o equivalente à população de uma cidade de porte médio. De acordo com dados da Subsecretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, só em São Paulo ocorrem 10 mil casos todos os anos. Ou seja, o equivalente a 30 novos casos por dia. Hoje estimativas da Subsecretaria demonstram que entre 10% e 15% dos meninos e meninas jamais serão encontrados.

    Por que não há um plano que mobilize a população na busca por desaparecidos?

    (...)

    Num país onde cerca de 40 mil crianças e adolescentes desaparecem por ano, segundo estimativa do Ministério da Justiça, não há nenhuma rede ou cadastro nacional para agregar informações dos desaparecidos.

    Só em São Paulo, são registradas a metade das ocorrências, cerca de 20 mil.

    Além da inexistência de um cadastro nacional, não há comunicação entre as polícias militares, civis e federal, reclamam representantes de ONGs. Segundo eles, as investigações não são conduzidas com “seriedade”, o que acaba contribuindo para que muitos casos não sejam solucionados.

    “Não há comunicação nem entre a polícia do mesmo Estado”, diz Mariza Tardelli, coordenadora do Redesap (Rede de identificação e Localização de Crianças e Adolescentes Desaparecidos), órgão ligado à Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência.

    A Redesap tenta unificar os dados nacionais em seu site (www.desaparecidos.mj.gov.br), mas, para isso, depende do cadastro de ocorrências, que é feito pelas polícias estaduais.

    Uma consulta mostra que o site está totalmente desatualizado. Até o dia 31 de outubro, havia o registro de apenas 1.177 desaparecidos em 2007. Só no Estado de São Paulo, segundo informações da Secretaria da Segurança Pública, foram registradas 17.557 ocorrências de desaparecimentos de crianças e adolescentes com até 18 anos de janeiro até o dia 22 de outubro deste ano.

    MOVIMENTO PELA CRIAÇÃO DO ALERTA AMBER NO BRASIL

    É preciso criar um plano no Brasil para que polícias, rodoviárias, pedágios, aeroportos e meios de comunicação recebam imediatamente informações sobre crianças desaparecidas. Divulgar na mídia local e nacional e criar uma polícia mais organizada, especialmente para estes casos. A partir daí, estaremos falando com seriedade sobre investigação e salvamento de crianças.

    Nosso objetivo é que seja criada uma lei nacional que obrigue as emissoras de rádio e televisão abertas veicularem, durante a programação, informações passadas pela polícia civil e militar, a respeito de crianças seqüestradas. A finalidade é a rápida disseminação da notícia e a localização da criança que se encontra em perigo iminente, para evitar graves conseqüências.

    A polícia deverá transmitir as informações sobre a denúncia de seqüestro, após certificar-se da veracidade, às emissoras locais e nacionais, para que seja divulgado imediatamente. Deverão ser informados detalhes como foto da criança, retrato falado do seqüestrador, provável local do seqüestro e veículo utilizado. Contas de água, luz e telefone também trariam mensalmente informações sobre crianças desaparecidas.

    A divulgação do alerta auxiliará a evitar graves e irreversíveis conseqüências ao bem estar físico e mental da criança, em razão da demora na localização.

    A colaboração da comunidade na localização dos seqüestradores e da vítima assume caráter de importante instrumento de combate ao crime. Ao inserir na programação alertas periódicos a respeito do seqüestro, tão logo ocorra o crime, as emissoras de rádio e televisão estarão prestando à comunidade um serviço de utilidade pública de maior relevância e que por certo engrandecerá a imagem institucional.

    COMO PARTICIPAR DO MOVIMENTO

    Divulgue e passe essa idéia adiante.

    Envie uma mensagem para os Deputados Federais e Senadores de seu Estado solicitando que seja criada uma lei semelhante ao Alerta Amber no Brasil. Clique aqui e aqui para entrar em contato com nossos representantes.

    “Só a participação cidadã é capaz de mudar um país”

    Betinho
    Iniciativa:Comunidade Diga Não A Pedofilia
    Comunidade Onde Estão Nossas Crianças?
    Blog Diga Não A Erotização Infantil
    (Créditos: Texto com informações da Folha de São Paulo, site Espaço Acadêmico e Projeto de Lei do deputado estadual paranaense Ademar Traiano
    http://diganaoaerotizacaoinfantil.wordpress.com

    Este post faz parte da Blogagem Coletiva em Defesa da Infância do blog Diganaoaerotizacaoinfantil

    Marcadores: , , ,

    HOJE É DIA NACIONAL DA ADOÇÃO

    Interessados em adoção esperam a implantação do Cadastro Nacional
    Documento foi lançado em abril pelo CNJ e promete agilizar os processos a partir de julho.
    Em 25 de maio é comemorado o Dia Nacional da Adoção.
    Glauco Araújo

    No Dia da Adoção, que é comemorado neste domingo (25), as pessoas interessadas em adotar crianças e adolescentes no Brasil aguardam a implantação do Cadastro Nacional de Adoção (CNA), lançado em 29 de abril pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que promete agilizar os processos a partir de julho deste ano.

    O sistema será implantado nas varas da Infância e da Juventude e todos os dados estarão inseridos no sistema em seis meses. A vara da infância é o primeiro local que os interessados em adoção devem procurar para iniciar o processo.

    O CNA fornecerá informações sobre o número de crianças e adolescentes sob a tutela do estado, quantidade e localização de casais habilitados a adotar em todas as regiões, perfis completos e dados sobre os abrigos.

    Segundo a pesquisa divulgada na quarta-feira (14) pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), quase 60% dos possíveis candidatos a adotar são mulheres.

    Foram ouvidas 1.562 pessoas e 15% delas afirmaram que adotariam crianças e adolescentes, caso pudessem contribuir para mudar a realidade deles. Segundo relatório do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), 80 mil crianças e adolescentes vivem em abrigos no Brasil e cerca de 8 mil (10%) delas estão aptas para adoção.

    O relatório da AMB indica ainda que mulheres na faixa etária entre 25 e 29 anos, casadas e com renda mensal de R$ 750 a R$ 2 mil lideram o quadro de brasileiros favoráveis à adoção. Cerca de 20% dos entrevistados se recusaram a informar a renda familiar.

    A maioria das que adotariam é casada (58,8%), seguida por solteiros (28,2%) e pessoas separadas ou divorciadas (5,5%). Dos entrevistados, 78,1% dos que adotariam já possuem outros filhos.

    Quem pode adotar

    Adultos com mais de 21 anos, independentemente do estado civil, pode ser solteiro, casado, divorciado, ou viver em concubinato. Na hipótese de ser casado ou viver em uma relação de concubinato, a adoção deve ser solicitada por ambos, que participarão juntos de todas as etapas do processo adotivo. Será feita avaliação de estabilidade da união.

    Qualquer pessoa que seja pelo menos 16 anos mais velha que a criança a quem pretende adotar. A Justiça não prevê adoção por homossexuais. Neste caso, a autorização fica a critério do juiz responsável pelo processo.

    Quem não pode adotar

    Menores de 18 anos. Os avós ou irmãos da criança pretendida. Nesse caso, cabe um pedido de guarda ou tutela, que deverá ser ajuizado na Vara de Família da cidade onde residem. O tutor não pode adotar tutelado.

    Quem pode ser adotado

    Crianças e adolescentes com até 18 anos a partir da data do pedido de adoção, órfãos de pais falecidos ou desconhecidos. Crianças e adolescentes cujos pais tenham perdido o pátrio poder ou concordarem com a adoção de seu filho.

    Maiores de 18 anos também podem ser adotados. De acordo com o novo Código Civil, a adoção depende de sentença de juiz.

    Crianças e adolescentes com 16 anos a menos que o adotante.

    Só podem ser colocados para adoção as crianças e adolescentes que já tiveram todos os recursos esgotados no sentido de mantê-los no convívio com a família de origem.

    Documentação necessária

    RG e comprovante de residência;

    Cópia autenticada da certidão de casamento ou nascimento;

    Carteira de Identidade e CPF dos requerentes;
    Cópia do comprovante de renda mensal;
    Atestado de sanidade física e mental;
    Atestado de idoneidade moral assinado por duas testemunhas, com firma reconhecida;
    Atestado de antecedentes criminais.

    O caminho da adoção

    Segundo Benedito Rodrigues dos Santos, secretário-executivo do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), o processo de adoção não é padronizado no país. "No primeiro momento, os interessados procuram a Vara da Infância e da Juventude mais perto de casa. Em seguida, eles passam por uma entrevista. O terceiro passo é a apresentação dos documentos necessários."

    Santos disse ainda que depois de analisada a documentação, os interessados passam por uma nova entrevista. "Desta vez, um assistente social vai até a casa do adotante para conhecer melhor a rotina dele. Depois disso, é iniciado o processo de escolha da criança. Feito isso, se for o caso, é dada a guarda temporária da criança para o adotante. Esse é o período de experiência e de avaliação."

    fonte:http://g1.globo.com/Noticias/Brasil

    Marcadores: ,

    sábado, 24 de maio de 2008

    Base da qualidade - Cristovão Buarque


    Amo ler os artigos do Cristovão Buarque. É muita lucidez. Pena ele não ter voz neste governo....

    Base da qualidade

    O conhecimento é um produto social e depende do número de pessoas que se instruem mutuamente por meio do intercâmbio de idéias, como em um fluxo constante de uns para os outros. Cada pessoa excluída de conhecimento pessoal reduz o potencial do conhecimento de seu país.

    Ao lado de uma pessoa sem instrução, até mesmo uma pessoa com doutorado sofre um processo de "analfabetização", uma redução do seu potencial de conhecimento. Um povo sem educação universal de qualidade não permite o pleno desenvolvimento do conhecimento no seu país.

    A principal causa da baixa qualidade de nossas instituições de ensino superior é o baixo nível de conhecimento ao redor delas e, em conseqüência, dos que entram nessas instituições. Em cada 10 crianças apenas quatro terminam o ensino médio, no máximo duas delas com boa qualidade. Joga-se fora o potencial de conhecimento de seis em cada dez brasileiros. É como se, para cada dez poços de petróleo encontrados, tapássemos mais da metade. O potencial fica muito abaixo do nível que poderia ser atingido caso todos os alunos terminassem o ensino médio. No caso do conhecimento é ainda mais grave, porque a falta de concorrência com os que ficaram de fora da disputa deixa acomodados os que podem disputar vaga na universidade, visto que não precisam estudar muito.

    Nosso ensino é de baixa qualidade por muitas razões, começando pelo salário, pela formação e pela dedicação dos professores, mas também pela falta do ambiente educacional que "analfabetiza" até os que estudam, por falta de diálogo ampliado e de concorrência para ter acesso aos níveis superiores. Isso explica o baixo nível educacional de nosso ensino superior. Os que entram na universidade têm uma qualificação média muito menor do que deveriam.

    Os que saem são poucos e raros com qualificação para fazer do Brasil uma mina de conhecimento, de ciência, de tecnologia. Não tivemos um único Prêmio Nobel no passado e nenhum em vista no futuro próximo, provavelmente porque condenamos milhões ao analfabetismo e à baixa educação de base. Alguns deles poderiam ter sido Prêmios Nobel e poderiam ter ajudado outros a conseguirem destacar-se.

    A falta de educação de base funciona como uma imensa bola de chumbo puxando o conhecimento para baixo. Nesse ambiente, os gênios não existem, os bem educados são raros e mesmo estes ficam abaixo do que poderiam, caso o ambiente educacional fosse pleno e de qualidade para todos, servindo para elevar o nível geral do conhecimento nacional.

    Apesar dessa óbvia realidade, fala-se em fechar cursos superiores por falta de qualidade, em aumentar os recursos para melhorar os que devem continuar abertos, mas raramente fala-se que a única forma de melhorar a qualidade do ensino superior é universalizar a educação de base até o final do ensino médio com alta qualidade para todos. Isso, por si só, forçaria a elevação do nível dos candidatos ao vestibular, criaria as condições para os bons professores não precisarem perder tempo com o baixo nível em que entram vários calouros, e expulsaria os maus professores, incapazes de conviver com alunos qualificados.

    O Brasil sofre a falta de uma massa crítica de educação, por falta de educação qualificada das suas massas. Não educamos nosso povo e em conseqüência temos um baixo nível de conhecimento no conjunto da sociedade.

    O resultado é um país amarrado, sem dispor do capital fundamental para o progresso no futuro: um elevado nível de conhecimento científico, tecnológico, cultural, que não existirá se não tivermos uma massa populacional com elevado nível de conhecimento.

    Na educação, a base da qualidade está na qualidade da educação básica para todos. Esse é o segredo que se evita falar porque seus resultados são demorados, e somos um país viciado no imediatismo; e porque a ausência de milhões na educação de base funciona como uma cota que beneficia aqueles que pouco estudam, privilegiados pela barreira da falta de educação dos que nada estudam.

    Cristovam Buarque é senador pelo PDT do Distrito Federal.

    http://oglobo.globo.com/pais/noblat/


    Tenham todos um ótimo sábado e domingo!

    Marcadores: , ,

    quarta-feira, 21 de maio de 2008

    Hoje a minha princesinha faz aniversário!



    Marcela faz 7 anos hoje! Meu amor por você é do tamanho dos céus, minha linda! Que você seja sempre muito, muito feliz nesta vida!




































    Marcadores: , ,

    domingo, 18 de maio de 2008

    BLOGAGEM COLETIVA: EM DEFESA DA INFÂNCIA


    Foi no blog da Andrea que eu fiquei sabendo destas duas novas blogagens coletivas em Defesa da Infância. Considero muito importante apoiar e divulgar a iniciativa do blog Diga não à erotização infantil!, afinal, se somos amigos das crianças, se somos pais, avós, educadores, pessoas sãs, queremos o bem de nossas crianças . Queremos e devemos exigir que elas vivam com dignidade e respeito. Na chamada para a blogagem coletiva, os colaboradores do blog informam que o dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
    Como no dia 14 de fevereiro, já havia participado da blogagem idealizada pela Luma contra a pedofilia, republico hoje o post que escrevi naquele dia, por achá-lo pertinente com o assunto da nossa blogagem de hoje.
































    "Ser Criança"

    Gostamos de brincar
    Com tudo o que temos à frente,
    Fazemos amigos sem parar
    E somos todos inocentes.
    Com muito amor e alegria
    Ensinam-nos coisas sem parar,
    Rodeados estamos de magia
    E crescemos sempre a sonhar.
    Como somos pequeninos
    E estamos sempre a correr,
    Ficamos muito cansadinhos
    E sestas temos de fazer.
    Protegidos pelo colinho
    Que os adultos nos dão,
    Adormecemos como uns anjinhos
    Dando asas à nossa imaginação!

    Créditos do poema: http: saberes-efnb.blogspot.com/2007/10/poema-ser-crianca.html
    Foto: retirada do Google imagens



    Começo minha participação nesta blogagem coletiva sugerida pela Luma com este singelo poema sobre 'ser criança'.
    Cada um de nós já foi criança um dia e sabe como é maravilhoso ter vivido essa fase tão mágica, pura e autêntica de fazer e acontecer, do faz-de-conta, de dizer o que pensa, de imaginar as coisas mais incríveis, da espontaneidade e da capacidade de sonhar e acreditar no sonho. Quem viveu este direito algum dia, teve infância de verdade, por que foi presenteado com o dom da inocência e com a fértil capacidade de imaginar.
    A criança que cresce num ambiente saudável com pais, familiares, atenção, amigos, afeto, amor, respeito e muito espaço para o lúdico, cresce em segurança e ao longo de sua vida torna-se um ser humano do bem: mente e corpo sãos.
    Entretanto, nunca se ouviu falar tanto de pedofilia como hoje em dia. Infelizmente, nem todas as crianças estão protegidas como gostaríamos, já que muitas delas encontram monstros de verdade pelo caminho, que acabam por destruir seus sonhos de infância completamente. Infelizmente os pedófilos existem por aí em cada esquina... A cada dia, os jornais noticiam histórias de pedófilos molestando crianças (o caso mais recente, da nadadora Joana Maranhão, que revelou aos jornais ter sido molestada por seu treinador quando tinha 9 anos!)

    Quem são esses monstros?

    E como nós pais, educadores, seres humanos que amamos e respeitamos as crianças podemos perceber quando algo não está indo bem?

    Acredito que nós pais temos a obrigação de ficarmos atentos quando se trata de proteger a integridade de nossos filhos. A
    internet, por exemplo, é uma estrada com caminhos muitas vezes sinuosos e, com freqüência, escutamos as histórias mais mirabolantes sobre crianças que começam a se comunicar com outras 'supostas crianças' mas infelizmente são perfis falsos que escondem a verdadeira identidade de maníacos obcecados por crianças, que as atraem como presas fáceis e esperam dar o bote a qualquer momento.

    Precisamos acompanhar melhor a vida de nossos filhos! Quais são páginas que nossos filhos costumam visitar na internet? Precisamos dialogar sempre com nossos filhos, saber como foi o dia deles na escola, no cursinho de inglês, na aula de judô ou natação. Conversar sempre! Precisamos alertá-los dos perigos que existem n
    a internet e que principalmente não devem falar com estranhos e muito menos fornecer informações pessoais a desconhecidos.

    Também faz-se necessário alertá-los que não é somente com relação a internet 'sem cara' que devemos ficar em estado de alerta. O pedófilo pode também ser uma pessoa conhecida!

    É claro que nós pais também devemos saber conversar com nossos filhos de acordo com a faixa etária deles. Conversar com nosso filha/o de 3 anos, 7 ou 15 irá demandar obviamente discursos completamente diferentes. Para isso, podemos sempre recorrer às organizações que trabalham em prol de uma infância saudável e longe dos pedófilos. Muitas dessas organizações possuem cartilhas que nos ensinam a lidar com o problema e como conversarmos sobre este tema tão conflitante.

    Fazendo minhas pesquisas pela internet, encontrei várias dessas organizações e reproduzo aqui dois textos interessantes que encontrei: porém, em primeiro lugar, é importante citar que existe o
    ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE ( lei federal no. 8069/90 de 13/03/1990) que foi criado com o objetivo de dar PROTEÇÃO INTEGRAL À CRIANÇA.
    Se este estatuto tem protegido as crianças do Brasil, muitas vezes penso que não como deveria.
    O ECA diz em seu art. 18:

    • É dever de todos zelar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.


    Será que todos estamos zelando pela dignidade de nossas crianças e adolescentes?


    Reproduzo agora dois textos extraídos do Observatório da Infância, cujo objetivo é esclarecer e ajudar os pais a ajudarem seus filhos.









    Pedofilia e abuso sexual: proteja seus filhos.
    Rio de janeiro, 28 de janeiro de 2008.

    O que os pais podem fazer para prevenir o abuso sexual e proteger seus filhos

    O Observatório da Infância recebe uma grande quantidade de e-mails através da seção "Conte seu caso". As situações mais freqüentes e mais dolorosas são de abuso sexual. Nas entrevistas que damos continuamente na mídia sobre pedofilia e abuso sexual a pergunta mais freqüente feita pelos jornalistas é como evitar que uma criança seja sexualmente abusada. Hoje, vamos dar destaque aqui às recomendações do Observatório da Infância para prevenir o abuso sexual.

    • Lembre-se sempre que pedofilia é uma perversão sexual, caracterizada pela opção sexual preferencial por crianças e adolescentes, de forma compulsiva e obsessiva. O pedófilo é um doente que pode cometer crimes contra crianças.
    • O pedófilo é uma pessoa aparentemente normal e muitas vezes inserida na sociedade.
    • A pedofilia é uma patologia muito freqüente em todos os níveis sociais e econômicos. Lembre-se portanto: Não é rara a presença de pedófilos no meio da família, nas escolas, nas praças, nos playgrounds, nos educandários, no ambiante esportivo, nas igrejas, em consultórios médicos e em todos os lugares onde ele, o pedófilo, possa encontrar crianças e adolescentes.
    • Lembre-se que na maioria das vezes o abusador sexual de crianças é alguém da própria família ( pai, padrasto, avô, tio, cunhado, irmão mais velho, ou alguém sem vínculo familiar, mas próximo da criança).
    • O abuso sexual de crianças e adolescentes é um ato covarde, de manipulação do poder e da confiança que crianças têm naquele adulto.
    • Lembre-se que a internet tornou-se hoje um paraíso para pedófilos. Encaminhe suas denúncias sobre pedofilia na internet para http://www.censura.com.br/index.php?option=com_contact&Itemid=3.
    • O abuso sexual de crianças e adolescentes é crime. Cobre da polícia e do Poder Judiciário investigação minuciosa, a aplicação da lei e a proteção de seu filho e de outras crianças.
    • O abuso sexual já ocorreu, mas você pode evitar que ele prossiga. Uma criança vítima de abuso sexual pode levar para o resto de sua vida sentimentos de vergonha e culpa que a prejudicarão seriamente. Para evitar as dolorosas conseqüências do abuso sexual, a criança precisa falar sobre o que ocorreu. Ouça o que sua filha ou filho tem a contar e acredite neles.
    Fonte: Observatório da Infância

    IMPORTANTE!!!!

    O que os pais devem fazer para prevenir o abuso sexual e proteger seus filhos:
    • Estar bem informados sobre a realidade do abuso sexual contra crianças.
    • Ouvir seus filhos e acreditar neles por mais absurdo que pareça o que estão contando.
    • Dispor de tempo para seu filho e dar-lhe atenção.
    • Saber com quem seu filho está ficando nos momentos de lazer. Conhecer seus colegas e os pais deles.
    • Procurar informar-se sobre o que sabem e como lidam com a questão da violência e do abuso sexual os responsáveis pela creche, pela escola e pelos programas de férias. Faça o mesmo com o seu pediatra, o conselheiro religioso, a empregada e a babá.
    • Antes de tudo, falar com seu filho e sua filha e lembrar-se que o abuso sexual pode ocorrer ainda nos primeiros anos da infância.
    • Entre 18 meses e 3 anos, ensine a ele ou ela o nome das partes do corpo.
    • Entre 3 e 5 anos, converse com eles sobre as partes íntimas do corpo (aquelas cobertas pela roupa de banho) e também como dizer não. Fale sobre a diferença entre o bom toque e mau toque.
    • Após os 5 anos, a criança deve ser bem orientada sobre sua segurança pessoal e alertada sobre as principais situações de risco.
    • Após os 8 anos deve ser iniciada a discussão sobre os conceitos e as regras de conduta sexual que são aceitas pela família e fatos básicos da reprodução humana.
    Adaptado de textos da American Academy of Pediatrics divulgados no site: www.aap.org/family/cabuse.htm

    Fontes de pesquisa:

    http://www.observatoriodainfancia.com.br
    http://www.censura.com.br
    http://www.safernet.org.br

    Marcadores: , , ,

    sexta-feira, 16 de maio de 2008

    BLOGAGEM COLETIVA: COISAS DO BRASIL

    Esta postagem faz parte da blogagem coletiva idealizada pela Andrea, dona do blog Leio o Mundo assim... Ela nos pediu que cada um mostrasse um pouco do Brasil onde vivemos, algo que seja representativo de nossa cidade. O meu pedaço de Brasil é o Rio de Janeiro, cidade onde nasci, cresci e morei grande parte da minha vida. Confesso que demorei a decidir sobre o que falar sobre o Rio de Janeiro. Afinal, apesar de todos os problemas que a mídia propaga e nós habitantes conhecemos, o amor que sinto por esta cidade é grande demais e há tantos recantos e detalhes a destacar ... O Rio de Janeiro, além de ser uma cidade que respira história por todos os lados, também é "bonita por natureza"... Decidi então escrever um pouco sobre algumas ruas do Centro do Rio por onde sempre gosto de passar, fazer compras, entrar nos vários sebos que existem por lá ou simplesmente apreciar seus arredores. Um bom dia para caminhar por lá com mais calma é sábado de manhã. Durante a semana, nem sempre posso me dar a este luxo, pois a correria do dia-a-dia não me deixa, mas este é um programa que gosto de fazer sempre que posso! No meio da parafernália de um trânsito quase sempre caótico, o centro do RJ ainda guarda ruelas históricas que para nossa felicidade teimam em guardar vestígios de um tempo que já não existe mais. Um escritor que soube usar muito bem a cidade do Rio de Janeiro como pano de fundo para seus romances e contos foi/é o sempre atual Machado de Assis, também nascido e criado no Rio de Janeiro.
    Por isso, nesta postagem, acrescentarei algumas curiosidades sobre as minhas ruas escolhidas e em seguida, vou 'pincelar' uma passagem de alguma obra literária do Machado onde ele menciona a rua em destaque. Desta forma, eu espero que enquanto você não vem aqui passear por essas ruas maravilhosas, você poderá imaginá-las através do Rio de Janeiro de Machado de Assis. Inclusive, parece-me que todos ou a grande maioria de seus romances, contos e crônicas já podem ser baixados da internet aqui.

    Nosso passeio começa na Rua do Ouvidor: com a vinda da família real em 1808, a Rua do Ouvidor ficou conhecida como a 'rua da moda' e se transformou num grande centro do comércio com lojas sofisticadas que atraíam a alta sociedade da época: eram casas de música, confeitarias, cafés, cabeleireiros, jóias, livros entre outras.
    A rua do Ouvidor ainda preserva muito de seu charme do passado, porém hoje construções antigas e principamente os belos sobrados do século xix se misturam aos prédios mais modernos de escritórios e bancos. Depois da abertura da Avenida Rio Branco, muito do glamour da época foi perdido, mas como disse, para mim ela ainda guarda um charme especial.
    Machado assim incluiu a Rua do Ouvidor em seus "Contos Avulsos":


    "A rua do Ouvidor resume o Rio de Janeiro. A certas horas do dia, pode a fúria celeste destruir a.cidade; se conservar a rua do Ouvidor, conserva Noé, a família e o mais. Uma cidade é um corpo de pedra com um rosto. O rosto da cidade fluminense é esta rua, rosto eloqüente que exprime todos os sentimentos e todas as idéias..."
    (....) "A rua do Ouvidor é lindíssima à noite. Estão os rapazes às portas das lojas, vendo passar as moças, e como tudo está iluminado, não imaginas o efeito que faz".

    (in Jornal das Famílias, Rio de Janeiro, 1873, p. 105-116).

    Fonte: Contos Avulsos - Machado de Assis - org. de R. Magalhães Júnior - Editora Civilização Brasileira / Cia Brasileira de Livros - 1956 ( extraído de: http://www.biblio.com.br/defaultz.asp?link=http://www.biblio.com.br/conteudo/MachadodeAssis/tempodecrise.htm)
    foto acima: google imagens, Rua do Ouvidor, 1808
    foto Machado de Assis: Google imagens

    A propósito, a Academia Brasileira de Letras (ABL) que foi fundada por Machado criou um site muito interessante sobre ele. Um outro site muito interessante sobre o autor é este aqui.

    Bem, continuando nossa viagem pelas ruas históricas do Rio...

    Na Rua Gonçalves Dias, existe a tradicional Confeitaria Colombo que vale muito a pena ser visitada! Tombada pelo Patrimônio Histórico e Cultural, esta confeitaria é uma verdadeira viagem no tempo! Fundada em 1894 por imigrantes portugueses, o lugar "é um exemplo típico da arquitetura art nouveau e da belle époque carioca. Tradicional ponto de encontro de artistas, intelectuais e políticos, seus luxuosos salões trazem de volta a mesma atmosfera de quando eram freqüentados pelo próprio Machado de Assis, Olavo Bilac, Rui Barbosa, Chiquinha Gonzaga, Villa Lobos, Virgínia Lane, Getúlio Vargas, entre outros" (extraído do site da Colombo)
    Fonte foto: google imagens

    Se vocês quiserem ler uma ciranda de poemas criados por diversos poetas sobre a Confeitaria Colombo quando esta completou 100 anos, clique aqui!

    Agora, acompanhem Machado em seu trajeto pelo Largo da Carioca, a rua da Carioca e a Gonçalves Dias, um trecho extraído do romance "Esaú e Jacó":

    “Chegaram ao largo da Carioca, apearam-se e despediram-se; ela entrou pela rua Gonçalves Dias, ele enfiou pela Carioca. No meio desta, Aires encontrou um magote de gente parada, logo depois andando em direção ao largo. Aires quis arrepiar caminho, não de medo, mas de horror. Tinha horror à multidão. Viu que a gente era pouca, cinqüenta ou sessenta pessoas, e ouviu que bradava contra a prisão de um homem. Entrou num corredor, à espera que o magote passasse. Dua s praças de polícia traziam o preso pelo braço. De quando em quando, este resistia, e então era preciso arrastá-lo ou forçá-lo por outro método. Tratava-se, ao que parece, do furto de uma carteira.

    -Não furtei nada! - bradava o preso detendo o passo. É falso! Larguem-me! sou um cidadão livre!. Protesto! Protesto!
    -Siga para a estação!
    - Não sigo!
    -Não siga! bradava a gente anônima. Não siga! não siga!"

    ( In: Esaú e Jacó, Um Gatuno)...

    Sobre o Largo da Carioca e a rua do mesmo nome:

    "A história do Largo da Carioca está intimamente ligada ao Convento de Santo Antonio. O Convento teve sua origem em uma pequena ermida, que ficava às margens da lagoa que foi ocupada, em 1592, pelos freis franciscanos: Frei Antônio dos Mártires e Frei Antônio das Chagas. No entanto, sua construção só foi iniciada em junho de 1608 sob a presidência de Frei Vicente do Salvador e em 1615 foi inaugurada uma parte do Convento e a Igreja de Santo Antonio, onde foi rezada a primeira missa no dia 8 de fevereiro. Para drenar a lagoa, os religiosos franciscanos, abriram uma vala, transformando o banhado na Lagoa de Santo Antonio, o trajeto da vala deu origem a uma nova via chamada Rua da Vala, atual Rua Uruguaiana". (...) Grandes modificações foram feitas durante a década de 70, quando quase todos os antigos prédios que rodeavam o largo foram demolidos. O subsolo do largo é agora ocupado por uma das maiores estações do metrô da cidade. Todo o trânsito de carros foi suprimido e o largo hoje é reservado para pedestres. O Mosteiro e a Igreja de Santo Antônio têm sido bem conservados ao longo dos séculos, permanecendo no que restou do antigo Morro de Santo Antônio, hoje quase totalmente demolido.
    (fonte: http://www.centrodacidade.com.br/acontece/vs_largocarioca.htm)
    (fonte foto: google imagens)

    Hoje, o Largo da Carioca parece um oásis no meio dos altos edifícios que o cercam.

    Gosto muito de visitar o Convento de Santo Antônio. No dia 13 de junho é comemorado o dia de Santo Antônio e há sempre uma grande festa por lá. Em junho deste ano, o Convento vai celebrar 400 anos!!

    "Tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico Nacional (Iphan), o conjunto do século XVIII inclui o convento e as igrejas de Santo Antônio e de São Francisco da Penitência - esta última, considerada jóia rara do barroco, tem paredes de cedro recobertas por 400 quilos de entalhes de ouro. Nela estão guardados expressivos exemplares da arte colonial brasileira, como os trabalhos assinados pelos escultores Manuel de Brito e Francisco Xavier de Brito e pelo pintor Caetano da Costa Coelho"
    (fonte:http://www.feriasbrasil.com.br/rj/riodejaneiro/atrativosculturais.cfm)

    (fonte
    foto:http://embaixada-portugal-brasil.blogspot.com/2008/04/convento-de-santo-antnio-no-rio-de.html)

    Por último, quero mostrar a vocês um pouquinho da Rua da Alfândega. Esta rua faz parte da SAARA. Não, não é um deserto em pleno centro da cidade, pelo contrário!

    "
    A Sociedade dos Amigos e das Adjacências da Rua da Alfândega, SAARA, é uma área de comércio popular a céu aberto, localizada no centro da cidade do Rio de Janeiro. Composta por 1200 estabelecimentos comerciais, distribuídos em suas 11 ruas, abrange inúmeros ramos de atividade: confecções, cama, mesa e banho, brinquedos, ferragens, jóias, bijuterias etc... Por se tratar de um centro comercial popular e por contar com um público médio de 70 mil pessoas por dia, motivo de orgulho dos comerciantes, a SAARA comercializa produtos de qualidade com prédios extremamente convidativos, trabalhando com vendas por atacado e varejo. A região onde é localizada a SAARA, mais precisamente a rua da Alfândega e adjacências, foi a área de escoamento dos navios chegados ao porto e onde se realizava a alfândega, vistoria e conferência das mercadorias. Daí o nome rua da Alfândega, recebido em 1716 após várias outras denominações. Como era bem próximo ao porto, este local também serviu como abrigo aos inúmeros imigrantes sírios, libaneses, judeus, gregos, turcos, espanhóis, portugueses e argentinos, que chegaram ao Brasil no final do século XIX e início do século XX. Alguns deles, fugidos da primeira guerra mundial, descobriram no Brasil um país de paz, com perspectivas melhores para o futuro. Começaram a trabalhar para sustentar suas famílias estabelecendo em lojas que funcionavam no andar térreo de sobrados, onde a parte superior era utilizada como residência. O comércio nesta região funcionava muito antes da fundação da Sociedade, que teve como principal objetivo, aumentar a voz ativa dos comerciantes locais junto ao poder público. Este fato ocorreu no então governo de Carlos Lacerda, que no intuito de remodelar o centro, construiria uma "Via Diagonal" que ligaria a Central do Brasil à Lapa, desabrigando todos os moradores daquela região. A necessidade de protestar contra a reforma, fez com que os comerciantes se unissem na formação de uma sociedade, que reunindo mais força, pudesse ser melhor ouvida pelas autoridades e por sugestão do próprio governador, foi fundada a SAARA. Os entendimentos da Sociedade com o governo e o sentido da preservação da arquitetura local, acabaram convencendo as autoridades e o projeto da "Via Diagonal", parte do Plano Agache, foi abandonado. Encontramos ainda hoje na Saara, a mistura étnica dos primeiros anos de formação desta comunidade, acrescida, mais recentemente, de imigrantes chineses, coreanos e japoneses, que convivem harmoniosamente, respeitando religiõe e crenças, sendo carinhosamente nominada como a pequena ONU brasileira. Estas são algumas de várias histórias e curiosidades sobre a SAARA, que concedem à ela um ar pitoresco e a transformam em, mais que um centro de comércio, numa sociedade que contribui para a história do nosso país. (fonte: http://www.saara-rj.com.br/historia.htm)


    ( fonte foto antiga: Rua da Alfândega, Malta, 1928, Google imagens)

    (fonte foto colorida:http://sampavelox.blogspot.com/2007_11_01_archive.html)

    O trecho seguinte foi extraído da crônica machadiana "A Semana", de 1892:

    (...) "Ontem querendo ir pela Rua da Candelária, entre as da Alfândega e Sabão (velho estilo), não me foi possível passar, tal era a multidão de gente. Cuidei que havia briga, e eu gosto de ver brigas; mas não era. A massa de gente tomava a rua, de uma banda a outra, mas não se mexia; não tinha a ondulação natural dos cachações. Procissão não era; não havia tochas acessas nem sobrepelizes. Sujeito que mostrasse artes de macaco ou vendesse drogas, ao ar livre, com discursos, também não.

    Estava neste ponto, quando vi subir a Rua da Alfândega um digno ancião, a quem expus as minhas dúvidas.

    — Não é nada disso, respondeu-me cortesmente. Não há aqui procissão nem macaco. Briga, no sentido de murros trocados, também não há, — pelo menos, que me conste. Quanto à suposição de estar aí alguma pessoa apregoando medalhinhas e vidrinhos, como os bufarinheiros da Rua do Ouvidor, esquina da do Carmo ou da Primeiro de Março, menos ainda.

    — Já sei, é uma seita religiosa que se reúne aqui para meditar sobre as vaidades do mundo, — um troço de budistas...

    — Não, não.

    — Adivinhei: é um meeting.

    Onde está o orador?

    — Esperam o orador.

    Que orador? Que meeting? Ouça calado. O senhor parece ter o mau costume de vir apanhar as palavras dentro da boca dos outros. Sossegue e escute.

    — Sou todo ouvidos. (...)



    A segunda foto acima ilustra bem o comércio popular da Rua da Alfândega e adjacências nos dias de hoje. Em épocas de festas ( Natal, Carnaval, etc.), este local vira um verdadeiro formigueiro humano. Imagino como Machado não ia ficar surpreso ao ver como a Alfândega mudou, sempre abarrotada de gente e muitas lojas.
    O roteirista David França Mendes em seu blog , destaca claramente o jeito de ser da Saara:

    "É o Brasil de Machado de Assis que se esconde por detrás das bancadas de jeans e de brinquedos eletrônicos. A rua e suas imediações há muitos anos são o reduto onde a classe média carioca, em números que próximo ao Natal podem chegar a um milhão de pessoas por dia, compra fantasias de carnaval, decoração de festa de aniversário, tecidos, jóias falsas e verdadeiras, brinquedos baratos, enfim, um grande mercado tremendamente popular".

    Espero que vocês tenham gostado de conhecer um pouquinho do Centro do Rio. Eu também vou adorar conhecer um pouquinho de seus recantos que com certeza estarão nesta lista aqui. Boa blogagem para todos nós! Parabéns, Andréa, por esta iniciativa!

    Marcadores: , , , , , ,

    terça-feira, 13 de maio de 2008

    Livros - Dicas -



    Vocês já conhecem o blog "O que elas estão lendo?" Ele foi criado por um grupo de amigas apaixonadas pela leitura. A Georgia, Lucia, Bel e Flavia convidam suas outras amigas para falarem sobre um livro que tenham lido e desta forma divulgam e incentivam a leitura em nosso meio.
    Acredito que tudo que é feito em prol da leitura deve ser sempre muito bem recebido por todos, vocês não acham?
    Eu fui convidada a falar sobre um livro. Se quiserem ler sobre a minha sugestão ou outras, apareçam lá no site. Tem muitas dicas interessantes.


    fonte gravura: google imagens

    Marcadores: ,

    segunda-feira, 12 de maio de 2008

    Ganhei outro mimo!


    Hoje ganhei mais um presente da Andrea, de Leio o mundo assim. Andréa, você não imagina como fiquei feliz com o presente! Muito obrigada!!
    Este selinho é para todos que freqüentam o meu blog e sempre deixam mensagens carinhosas para mim!

    Marcadores: ,

    91 anos da aparição de Nossa Senhora de Fátima

    Amanhã é dia de Nossa Senhora de Fátima. Em 1917, a Virgem apareceu para três crianças portuguesas.

    Leia mais sobre este assunto aqui.
    Este vídeo é em homenagem à Nossa Senhora de Fátima!
    Tenham todos uma boa semana!



    Marcadores: , , , ,

    sábado, 10 de maio de 2008

    Ave-Maria

    Para minha querida mãe





    Quando eu era criança, lembro-me que meu pai comprou um disquinho que continha canções em homenagem às mamães. Não me recordo o nome do cantor, mas nunca esqueci de uma letra, pois no meu olhar de criança, aquela canção singela exprimia todo o meu amor por minha mãe. Chama-se Flor-Mamãe. Será que alguém conhece? O tempo passou, mas o amor de minha mãe continua sendo um pilar em minha vida. Graças a Deus.
    Hoje eu sou mãe de dois lindos filhos e minha vida é dividida entre o período pré-maternidade e pós-maternidade.

    Samuel e Marcela, vocês são meus raios de sol! Amo vocês!! Muito!! Demais!!!!!!! Obrigada por tudo de bom que vocês me dão todos os dias, meus queridos!

    Quanto àquela música de infância, ela dizia assim:

    "Andei por todos os jardins
    Procurando uma flor para te ofertar
    Em lugar algum eu encontrei
    A flor perfeita pra te dar
    Ninguém sabia onde estava
    Esta flor mimosa perfeição
    Ela se chama flor mamãe
    E só nasce no jardim dos corações..
    (...) Flor-Mamãe, amor perfeito.



    O lindo poema a seguir é dedicado a todas as mães que me visitam aqui no blog, às minhas irmãs que também são mães maravilhosas, à minha mãe linda, tias, primas, todas as minhas amigas que são mães, à memória de minhas avós, bisavós, tri, tetravós... que de alguma forma existirão sempre em nós.


    Mãe.... são três letras apenas
    As desse nome bendito:
    Também o Céu tem três letras...
    E nelas cabe o infinito.

    Para louvar nossa mãe,
    Todo o bem que se disse
    Nunca há de ser tão grande
    Como o bem que ela nos quer...

    Palavra tão pequenina
    Bem sabem os lábios meus
    Que és do tamanho do Céu
    E apenas menor que Deus!

    Mário Quintana

    Desejo a vocês um domingo de harmonia familiar. E que esta harmonia entre mães e filhos perdure todos os dias.
    Um beijo com carinho.

    Marcadores: , , , , ,

    sábado, 3 de maio de 2008

    Trilha Sonora de filmes



    Hoje eu gostaria de compartilhar com vocês uma bela música de um filme, tema de "Howl's Moving Castle", "O Castelo Animado" do grande cineasta japonês Myazaki, o mesmo autor de "A Viagem de Chihiro".
    Este filme é baseado no livro de mesmo nome da escritora britânica Diana Wynne Jones. Aliás, quem gosta do gênero da fantasia, vale a pena ler os livros desta autora. Diana tem inclusive alguns de seus livros traduzidos para o português, uns pela Geração Editorial e outros pela Editora Record. Para quem sabe ler em inglês, esta autora tem mais de 45 livros publicados. Seu público alvo são crianças de 8 a 88 anos (:-)!
    Mas voltando ao assunto 'trilha sonora', vocês já imaginaram a grande maioria dos filmes sem a trilha sonora? Nem quero imaginar... A música para mim, também me conta uma história e é o pano de fundo de cenas inesquecíveis. Quantas vezes nos lembramos de um filme através de uma música ou vice-versa? Taí um casamento perfeito - a música e o cinema.
    A compositora do tema de "O Castelo Animado" chama-se Youmi Kimura e sinceramente, é um dos temas mais lindos e comoventes que já ouvi.
    Espero que vocês o apreciem também!

    Tenham todos um ótimo fim-de-semana!

    Marcadores: , , , , ,

    quinta-feira, 1 de maio de 2008

    Um pouco de humor

    Gente, eu ri muito com esta gravação! Pelo menos bye bye e tchau são universais. Ouçam esta ligação telefônica entre uma australiana e um brasileiro.

    Conversa de doido


    fonte - http://www.inglesonline.com.br

    Marcadores: ,