segunda-feira, 15 de setembro de 2008

BLOGAGEM COLETIVA: JUSTIÇA PARA FLAVIA!

Hoje é dia da blogagem coletiva por justiça para Flavia!!!

Para quem não conhece esta tragédia, Flavia teve seus cabelos sugados pelo sistema de sução da piscina do prédio onde morava com a família em Moema, São Paulo. O acidente ocorreu em 6 de janeiro de 1998 e desde então, Flavia vive em coma vigil e até hoje a justiça brasileira não tomou uma posição para fazer justiça ao que aconteceu com a Flavia.

Transcrevo trechos de um post feito por Odele, a mãe guerreira de Flavia onde ela explica o 'quem é quem' desta história trágica.

"Os réus do processo pelo acidente causado à Flavia são :

JACUZZI DO BRASIL – fabricante que vendeu o ralo sem orientação técnica quanto à correta relação de proporção entre o equipamento de sucção e o tamanho da piscina onde foi instalado..

CONDOMÍNIO JARDIM DA JURITI - Av.Juriti,541 - Moema - São Paulo

Substituiu - sem orientação técnica - o equipamento de sucção da piscina. O motor de potência de 0,50 cavalos foi substituído por outro de 1,50 cavalos com potência superior em 78% o que deixou o equipamento superdimensionado e fora dos padrões de segurança, conforme perícia técnica anexada aos autos do processo de Flavia.

AGF BRASIL SEGUROS. – Seguradora do Condomínio.

Não pagou, quando por mim solicitada, o seguro de responsabilidade civil existente no condomínio, vindo a fazê-lo 1 ano e 11 meses após, mediante ordem judicial mas sem juros nem correção monetária.

quase dez anos, dei entrada na Justiça Paulista no processo de indenização por perdas e danos morais pelo acidente causado à Flavia. quase dez anos, luto na justiça pela condenação dos culpados. Até hoje os réus seguem impunes, e Flavia, já com 20 anos, segue vivendo sem a proteção que deveria - de imediato - lhe ter sido dada pela justiça que de tão lenta se torna uma justiça injusta.


Durante esses todos esses anos de batalha judicial, o processo de Flavia teve dois julgamentos. Em ambos nos foram concedidas indenizações de valores irrizórios, ínfimos, podendo mesmo serem considerados aviltantes, tendo em vista as gravíssimas sequelas que este acidente - causado por negligência de terceiros - deixou em Flavia. (*) Em novo e último recurso solicito à justiça, - agora em Brasília - indenização de valor adequado à gravidade deste acidente, para que Flavia possa ser cuidada - pelo resto de sua vida - com os recursos de que necessita para ter uma sobrevida digna. Há mais de um ano, o processo de Flavia teve autorização da justiça paulista para ser julgado em Brasília, em última instância. Há mais de três meses, essa decisão saiu publicada no Diário Oficial de São Paulo. Somente dia 14 de Julho de 2008, o processo de Flavia saiu do Tribunal de Justiça de São Paulo rumo ao Superior Tribunal de Justiça em Brasília. E lá, não sabemos por quantos anos ainda permanecerá".


(*) Nos dois julgamentos a indenização concedida pelos juizes de São Paulo foi em torno de 100 mil reais.


Todas as vezes que eu leio algum post da Odele sobre a sua luta e de sua filha por justiça e sobrevivência, sinto-me triste por tudo o que aconteceu com a Flavia mas ao mesmo tempo, sinto uma enorme admiração por esta mãe que tem a força de uma leoa e que somente Deus saberia explicar, diante de tantos obstáculos que ela vem enfrentando ao longo destes 10 anos de luta por justiça.

Por que será, meu Deus, que no Brasil fazer justiça é algo tão difícil? Por que será que o réu aqui no Brasil vira muitas vezes 'a vítima' e as vítimas 'culpadas'?

São em todos os âmbitos - acidentes, crimes, parece que aqui é país sem lei ou das leis que 'não pegam', 'das leis brandas'... Que país é este, meu Deus? Um paraíso bonito por natureza mas que faltam a seus cidadãos dignidade, respeito, justiça!!!

A Flavia é um exemplo da negligência neste país pois já são 10 anos em coma vigil e nada até agora foi feito. Por que é que aqui o Sistema Judiciário funciona tão lentamente? Quantas vítimas já não morreram enquanto esperavam que a justiça fosse feita em seus casos??

Qual é a mensagem que nós cidadãos que pagamos MUITOS IMPOSTOS no Brasil recebemos da justiça brasileira? Que a vida vale nada ou muito pouco. Por que acidentes acontecem todos os dias e os culpados não são punidos, motoristas alcoolizados matam pessoas nas ruas e no final acabam com a punição de 'oferecer cestas básicas para sociedade', 'filha rica mata pais ricos com a ajuda de namorado' e agora a justiça deseja diminuir a pena dela por que ela confessou o crime e merece a diminuição da pena.... QUE ISSO? 'Menina de 14 anos é atropelada no RJ e o atropelador está solto', "Flavia tem sua cabeça sugada por sistema de sucção da piscina de seu prédio' e 'vive' em coma há 10 anos. Até agora nada.... Flavia tinha 10 anos quando aconteceu o acidente e hoje tem 20. Ela era uma menina e adormecida se tornou adolescente e jovem mulher.

Por favor, Magistrados brasileiros, não deixem a história da Flavia hibernar por anos em Brasília!! Dêem um desfecho para este caso logo!

A justiça brasileira precisa de mudanças estruturais com relação aos acidentes, com relação aos crimes e a tendência às punições sempre brandas no final. Dá a sensação que o Brasil será sempre o país do 'vale tudo'.

Mas acredito que isso pode mudar. Acredito que o Brasil pode mudar e melhorar se a população participar mais. A passividade do brasileiro me assusta. Para o show da Madonna as pessoas enfrentam filas de dias para encontrar um ingresso, para lutarmos por nossos direitos, a população é passiva, se esquiva e vai 'empurrando seus problemas com a barriga', talvez com a fantasia que um dia virá um salvador da Pátria para nos resgatar dos problemas e das injustiças que nos cercam.
Também acredito na força da blogagem coletiva pois de alguma forma estamos 'gritando' por sede de justiça, com a esperança deste acontecimento dar visibilidade à luta de Flavia e de Odele
, com a punição real dos réus e a indenização coerente ao tamanho do dano causado à vida desta família. É evidente que o dano causado à Flavia não pode ser medido em valores financeiros. Entretanto, ela merece ter uma vida digna da melhor maneira possível, com todos os cuidados médicos necessários, com todas as transformações impostas a partir do momento que aconteceu o acidente... E isto sim custa muito e por isso é mais do que justo que sua mãe obtenha uma indenização coerente com as necessidades de que Flavia precisa.
Termino a minha participação nesta blogagem reproduzindo um poema escrito pela blogueira portuguesa, Ana Martins em homenagem à Flavia.









EU SEI FLAVIA


Eu sei Flavia,
Que as palavras
São desabafos,
Estados de alma
Transcritos, aliviados.

Eu sei Flávia
Que as palavras
Não tiram as dores,
Não são remédios do corpo
Mas acalmam o espírito
E embalam o sono.Eu sei Flávia
Que com palavras
Não te posso curar
Mas liberto o meu inconformismo,
Tento aclamar por Justiça
Talvez minimize a tua dor interior,
Dê mais sentido à tua vida.

Eu sei Flávia
Que os predadores dos teus sonhos,
Aqueles que te roubaram o sorriso,
Os fundadores do teu sofrimento,
Tentam omitir seus erros,
Sonham apressar o tempo,
Calar a voz da razão,
Implantar o esquecimento.

Mas também sei Flávia
Que as palavras
Estremecem a alma e a mente,
Dão mais calor à vida,
Transportam emoções
Encorajam-nos, dão-nos força
E elegem razões.

E é por isso Flávia
Que não podemos desistir
E acredito que um dia
Justiça se fará
E a tua história
Não mais morrerá.

Para Flávia, a menina que do outro lado do oceano,conquistou o meu coração.
Escrito a 2 de Julho de 2008

Marcadores: ,

Commentários:
Também estou blogando por ela hoje.
O Brasil é mesmo um país injusto e me entristece mais saber que chegamos aos "entas" e não vimos grandes melhoras.

Torcemos pela Flávia e sua família!
Que Deus abençoe a ela e a nos todos.
beijão
Postado por Blogger Lilás : 15 de set de 2008 22:23:00  
Sonia, eu conheço essa história e admiro a luta dessa Mãe. Moro pertinho desse condominio e sempre passeio pela calçada om meu beagle. Sou advogada e sei o que lentidão e descaso da justiça. Só posso lamentar quando sei de alguém que precisa socorre-se do judiciário. Parabéns pelo texto e pelo apoio. Bjkª. Elza
Postado por Blogger Blog do Beagle : 15 de set de 2008 22:47:00  
É preciso que todos nós falemos não apenas sobre a Flávia, mas sobre todos os casos que ficam anos mofando nas prateleiras da Justiça. Um abraço!
Postado por Anonymous Andréa Motta : 16 de set de 2008 00:45:00  
É muiuto triste a história dessa menina e a luta da Odete. Meu coracao dói.

Beijao
Postado por Blogger Georgia : 16 de set de 2008 05:09:00  
Sonia, um post muito solidário!
Fico impressionada e comovida também com o sofrimento dessa menina e de sua família... quanta tristeza...quanta luta...

Obrigada por suas generosas palavras no meu blog.
Beijos.
Postado por Blogger sonia a. mascaro : 16 de set de 2008 11:18:00  
Sonia
Eu também participei da blogagem e tenho fé que a Odele consiga justiça com todo este apelo da blogosfera.
Teu post ficou muito legal e completo.

Tem um selinho pra ti lá no blog.
http://www.blogger.com/post-edit.g?blogID=33555205&postID=7142065124297549949
Infelizmente não pude vir te avisar antes.
Bjim.
Postado por Blogger Rosamaria : 16 de set de 2008 14:41:00  
Olá passando para ler sua adesão.
Assim conseguimos ler o que cada um postou. São diversos pensamentos em um único objetivo.
A união faz a força. Justiça! A morosidade precisa terminar. Precisamos dessa blogagem coletiva estou aqui com você vestindo essa camisa.
Beijos na sua alma.
Postado por Anonymous Mendi : 16 de set de 2008 21:45:00  
amiga, fico estarrecida com esse caso.
Fico com o coração nas maos.E como vc, sinto admiração imensurável apra essa mãe.
beijos e dias felizes
Postado por Blogger Grace Olsson : 17 de set de 2008 13:38:00  

Postar um comentário