terça-feira, 1 de julho de 2008

Dica: A obra musical de Tom Jobim - Relançamento

Eu adoro ouvir Tom Jobim. Amo sua música e sempre o admirei pelo amor que tinha pela natureza, pelos pássaros e como ele integrava esse amor em sua música, não só nas letras, mas nas melodias, como ele cantava o amor de forma geral. Sempre de maneira poética, melodias belíssimas.

Encontrei esta novidade no jornal! A obra de Tom Jobim está sendo relançada, então quem ainda não completou a coleção, é só procurar nas lojas virtuais e/ou reais. Eu tenho quase todos e certamente quero completar a minha coleção preciosa.
Tenham todos uma ótima semana!

Nos 50 anos da bossa nova, parte da obra de Tom Jobim é relançada. Discos com repertório para gringo ouvir dominam

Christina Fuscaldo - O Globo Online

RIO - No ano em que se comemora cinco décadas da consagração da bossa nova, é impossível esquecer do homem que foi um dos grandes responsáveis pelo movimento que mudou a história da música brasileira: Tom Jobim. Enquanto João Gilberto, João Donato e muitos outros preparam shows pelo país, as gravadoras entraram na corrida para espalhar pelas lojas de discos parte da obra do pianista, maestro, compositor e principal parceiro de Vinicius de Moraes. Além da caixa "Brasileiro", que traz oito álbuns lançados entre 1964 e 1981, a Universal relança agora títulos em inglês. "Tide", "Antonio Carlos Jobim and friends" e "Rio revisited", este com Gal Costa, são alguns deles. Da Warner, estão nas lojas "Terra Brasilis", "Urubu" e "A certain Mr. Jobim", entre outros. Confira:

"Brasileiro" (Universal): A caixa traz oito álbuns lançados entre 1964 e 1981. São eles "Caymmi visita Tom", "Edu & Tom - Tom & Edu" (com Edu Lobo), "Elis & Tom" (com Elis Regina), "Matita Perê", a trilha sonora do filme "Garota de Ipanema" e as coletâneas "Tom pra dois", "Tom feminino" e "Tom masculino". O CD feminino traz clássicos interpretados por grandes cantoras, entre elas Elis Regina, Gal Costa, Angela Rô Rô, Maria Bethânia e Ella Fitzgerald. O masculino traz as vozes de Caetano Veloso, Chico Buarque, Ney Matogrosso, Emílio Santiago e outros. "Tom para dois" reúne duetos históricos, como o de Tom e Elis em "Fotografia" e o de Chico Buarque e Mônica Salmaso em "Imagina". Dentro do box, há um encarte com texto de Ana Maria Bahiana sobre o maestro.

"The wonderful world of Antonio Carlos Jobim" (Warner): Acompanhado pela orquestra de Nelson Riddle, Tom Jobim lançou este álbum em 1965. Ele traz "She's carioca", "Água de beber", "Favela", "Samba do avião", "Useless Landscape", entre outras.

"Antonio Carlos Jobim - The composer of 'Desafinado' plays" (Universal): O primeiro dos discos de Tom Jobim gravados nos Estados Unidos mistura canções em inglês e em português. "The girl from Ipanema", "Corcovado", "Chega de saudade", "Meditation" estão no álbum gravado em 1966.

"A certain Mr. Jobim" (Warner): O álbum de 1967, "remasterizado das fitas originais" (conforme aviso na contra-capa), traz dez canções, entre elas "Bonita", "Se todos fossem iguais a você", "Surfboard" e "Don't ever go away".

"Tide" (Universal): O título, "Maré" em inglês, remete à música "Wave", mas o disco não tem nada a ver. Com arranjos de Eumir Deodato, o álbum de 1970 traz versões jazzísticas de clássicos de Tom. "The girl from Ipanema" e "Carinhoso" estão no repertório junto a quatro "Tema Jazz".

"Urubu" (Warner"): "O Bôto", com dueto de Tom com Miucha, abre o disco, originalmente lançado na década de 70. Instrumental, "Saudade do Brasil" mostra o potencial do mestre como arranjador e instrumentista. "Ligia" está no repertório.

"Terra Brasilis" (Warner): O disco de 1980 é divido entre músicas em português, em inglês e instrumentais. "Triste", "Dreamer", "Dindi", "Off-key" estão no primeiro grupo. "Canta mais", "Modinha" e "The girl from Ipanema" foram para o segundo. No último, estão "Double rainbow", "Marina" e "Estrada do sol".

"Antonio Carlos Jobim and The New Band - Passarim" (Universal): Produzido por Paulo Jobim e Jacques Morelenbaum em 1987, o disco traz Tom com uma banda formada por um time de craques. Danilo Caymmi toca flauta e faz vocal, o falecido Sebastião Neto toca baixo e as backings são Ana Lontra Jobim, Elizabeth Jobim, Maucha Adnet, Paula Morelenbaum e Simone Caymmi. No repertório, estão "Passarim", "Bebel", "Chansong", "Tema de amor a Gabriela", entre outras.

"Wave" (Universal): Lançado originalmente em 1988, o álbum produzido por Creed Taylor traz "Batidinha", "Antigua", "The red blouse" e, claro, "Wave".

"Rio revisited" (Universal): O disco traz duetos de Tom Jobim e Gal Costa (ele, sempre no piano), lançados em 1991. No repertório, estão "One note samba", "Desafinado", "Chega de saudade (No more blues)", "Samba do Soho", "Samba do avião (Song of the jet)" e outras.

"Antonio Carlos Jobim and friends" (Universal): Herbie Hancock não só assina o texto na contra-capa como toca piano no CD gravado ao vivo durante o Free Jazz Festival, em São Paulo, em 1993, um ano antes da morte de Tom Jobim. Oscar Castro Neves canta e toca piano com Jobim em "The boy from Ipanema" e Gal Costa faz vocal para o piano de Hancock em "A felicidade".

http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2008/06/30/

Marcadores: , ,

Commentários:

Postar um comentário