segunda-feira, 7 de abril de 2008

"Gentileza gera gentileza": Profeta Gentileza

No dicionário do Houaiss, gentileza é "qualidade ou caráter de gentil", "ação nobre, distinta ou amável", "amabilidade, delicadeza".
Infelizmente gentileza anda em falta na minha cidade, Rio de Janeiro e acredito que pelo Brasil e mundo afora também? Será que é problema de cidade grande, amigos? Ou é problema de berço, como disse a Meiroca no blog do Lino em um de seus comentários?
Hoje li no jornal O Dia que o Profeta Gentileza estaria fazendo 91 anos na próxima sexta-feira se estivesse vivo. E fiquei me lembrando das reportagens sobre aquele homem que se vestia de branco, usava barba e cabelos bem longos e deixava frases sobre a bondade e a gentileza nos viadutos do RJ. Muitos o achavam louco. Para mim, o profeta Gentileza era muito sábio e se naquela época em que escrevia as frases, já faltava gentileza no cotidiano da cidade, imagina agora!! Seu nome de batismo era José Datrino, mas ficou conhecido por Profeta Gentileza. Nasceu em São Paulo, mas aos 20 anos, veio morar no Rio de Janeiro, casou e teve 5 filhos. José Datrino virou empresário de transporte de cargas, porém uma tragédia iria marcar a sua vida para sempre. Em 17/12/1961 aconteceu um incêndio terrível na cidade de Niterói, considerado uma das maiores tragédias circenses do mundo. Neste incêndio, morreram mais de 500 pessoas, principalmente crianças. "Na antevéspera do Natal, seis dias após o acontecimento, José acordou alegando ter ouvido "vozes astrais", segundo suas próprias palavras, que o mandavam abandonar o mundo material e se dedicar apenas ao mundo espiritual. O Profeta pegou um de seus caminhões e foi para o local do incêndio. Plantou jardim e horta sobre as cinzas do circo em Niterói, local que um dia foi palco de tantas alegrias, mas também de muita tristeza. Aquela foi sua morada por quatro anos. Lá, José Datrino incutiu nas pessoas o real sentido das palavras Agradecido e Gentileza. Foi um consolador voluntário, que confortou os familiares das vítimas da tragédia com suas palavras de bondade. Daquele dia em diante, passou a se chamar "José Agradecido", ou simplesmente “Profeta Gentileza”. A partir de então, o profeta Gentileza passou a levar a vida de um andarilho, deixando suas mensagens pela cidade, parques, nas barcas entre Niterói e Rio de Janeiro e quando as pessoas o chamavam de louco, ele dizia: "Sou maluco para te amar e louco para te salvar". Na década de 80, ele passou a escrever suas frases em muros de um viaduto no centro da cidade. Faleceu em 29/05/1996.

Confesso que olho com uma supresa arrebatadora, misturada com alegria, quando alguém desconhecido é gentil comigo, é uma sensação semelhante a que tive quando vi um animal quase em extinção pela primeira vez: o mico leão. E por mais incrível que pareça, foi na Holanda que o vi pela primeira vez no zoológico. Foi uma alegria tamanha naquele dia. Pois bem, voltando à gentileza, sei que vivo batendo na mesma tecla, mas acredito que a educação pode nos ajudar a resgatar um pouco de gentileza em nosso dia-a-dia, para com nossos familiares mas também com os estranhos. E aquela educação de berço da qual Meiroca nos lembrou muito bem, é tudo. Agradecer, saudar as pessoas, pedir desculpas também. Por que não fazer surpresas agradáveis? Algo que ainda me choca é passar por vizinhos do prédio em que moro, que nem me olham, não me dizem 'bom dia', 'boa tarde' ... o que é isso, meu Deus?, penso eu. Por outro lado, eu já percebi que às vezes ando pelas ruas do meu bairro e quando passam pessoas mais idosas, elas me olham e muitas vezes abrem um sorriso, tão gentis que são por natureza e ainda perguntam como estou. O detalhe é que muitas vezes nunca vi aquela pessoa antes. Mas a sensação é maravilhosa.

Vocês não imaginam a minha alegria quando escuto elogios sobre o meu filho mais velho: "parabéns, ele é tão educado, gentil". Gente, corujices à parte, ele é mesmo. E minha filha mais nova já está aprendendo a nunca esquecer as palavras mágicas: obrigada, bom dia, boa tarde, boa noite, com licença, desculpa. Quando ela esquece, eu a lembro: e a palavrinha mágica? Ela sabe usar direitinho de acordo com a situação. E diz. Falta gentileza também com a cidade, não somente entre os habitantes da cidade. As pessoas não cuidam da cidade. Acho que algo que funciona relativamente bem aqui é a coleta de lixo na maioria dos bairros. Mas é um absurdo a quantidade de lixo que as pessoas saem jogando pelo chão... uma lástima. O descaso com a cidade me entristece muito. E os lixeiros teriam certamente bem menos toneladas de lixos para recolherem diariamente.
fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Profeta_Gentileza

Marisa Monte uma vez homenageou o Profeta Gentileza em uma de suas músicas:




E agora a filosofia do andarilho Gentileza está inspirando uma campanha de amor ao Rio, segundo o Jornal O Dia.

Ainda podemos ter esperança...



Rio - (...)

A campanha ‘Gentileza gera Gentileza’, criada pelos irmãos Carlos e Zeca Werneck, da rede de Hotéis Marina, convida os cariocas a serem mais gentis no dia-a-dia. Eles adquiriram a vaca da Cow Parade customizada com os dizeres do profeta para percorrer pontos da cidade.

O professor Leonardo Guelman, autor de dois livros e coordenador do projeto ‘Rio com Gentileza’, criado há 10 anos, luta pela conservação das obras junto ao ministério. “O Profeta denunciava a crise nas relações e apontava o amor e a gentileza como alternativas. As obras são um mural, a prefeitura tem que zelar por elas”, diz.

(...) Em 1980, pintou 56 pilastras do Viaduto do Caju, com sua crítica do mundo e alternativa ao mal-estar da civilização.

Com o tempo, os murais foram danificados por pichadores, até serem cobertos de tinta cinza. O fato foi retratado na música ‘Gentileza’, de Marisa Monte. Restaurados em 1999, e tombados como patrimônio urbano carioca em 2000, os escritos voltam a sofrer com a falta de manutenção. No dia 11, será promovida lavagem simbólica das pilastras, haverá cortejo de artistas circenses e a família levará um bolo ao local.

fonte: http://odia.terra.com.br/cultura/htm/filosofia_do_andarilho_gentileza_inspira_campanha_de_amor_ao_rio_e_evento_que_lembrara_profeta__162848.asp

Marcadores: , , , ,

Commentários:
Primeeeeeeeira!!!!
Postado por Blogger Georgia : 8 de abr de 2008 02:52:00  
Sonia, eu gosto muito de um pedacinho que tem na Biblia que diz assim: "A palavra branda, acalma o furor."

É é verdade. Foio o que o sr. Gentileza sempre fez em meio às agressoes do povo que se dirigia a ele como louco.

É bom mesmo quando alguém elogia nossos filhos pelo bom modo, pela educacao. Indiretamente estao nos elogiando também.

Grande beijo
Postado por Blogger Georgia : 8 de abr de 2008 02:54:00  
Soninha, realmente eu acho que educaçao e gentileza vem de berço.
Fico imaginando os meninos de rua, olho para eles e vejo seu modos, jeitos e trejeitos, mas pq sao assim? pq o berço deles foi este, como o de seus pais...precisaria de um trabalho alongo prazo para que no futuro esta situaçao passe a nao exisitir.
Eu ja tinha lido sobre o profeta gentileza, um exemplo para os dias de hoje.
Domingo eu caminhando por aqui, passei por duas snehroas com um caminhaozinho, paradas em uma esquina, conversando eqto esperam compradres para as suas alcachofras. E fiquei olhando e imaginando o qto elas falam e aparente transmitiam felicidade, e com certeza a vida delas era dura, e olhando fui me aproximando e abri um sorriso, logico, eu fui contagiada pela felicidade delas, e o sorriso foi retribuido.
Nao precisou muito, nao doeu, fui gentil, elas tambem..e o melhor me fez um bem enorme.
Bjs
Postado por Anonymous Meire : 8 de abr de 2008 05:47:00  
Oi Sonia,

A gentiliza faz bem para a alme.

Bjs.
Elvira
Postado por OpenID evipensieri : 8 de abr de 2008 11:26:00  
Eu cheguei a conhecer o Gentileza quando morava no Rio. Um semblante muito calmo. Assim são as pessoas que possuem paz de espírito. E essa paz de espírito é passada em atitudes sem pressa, sem o correr dos dias que nos embrutalha. Um sorriso pode dizer tudo!! Bom dia!! Beijus
Postado por OpenID luzdeluma : 8 de abr de 2008 12:22:00  
Sonia, e é tão gostoso quan do somos gentís ou quano recebemos uma gentileza.
Como disse a Meire, não dói, e faz bem.
As pessoas se embrutecem mais e mais, sempre com a desculpa do mundo apressado, mas pressa não impede de termos educação e sermos gentís.
É só experimentar, que uma coisa chama a outra.
Um beijo.

PS: Te mandei um email.
Postado por Blogger Aninha Pontes : 8 de abr de 2008 17:41:00  
Nao custa nada e tem um resultado maravilhoso. Bj
Postado por Blogger Celia : 10 de abr de 2008 14:32:00  
SONIA
gentileza gera gentileza. No entanto, as pessoas não têm tempo parq isso, não. Vivem atropelando gregos em troianos e quando vêem estão sendo enterrados deixando para trás um rio negro a ser lembrado pelos que partirão depois.
Assim caminha a Humanidade.
Tem gente que só sabe ser gentil quando precisa de uma palavra amiga, um favor, um apoio. Depois vira fera. Uma pena,
Dias felizes
Postado por Blogger Grace Olsson : 10 de abr de 2008 20:15:00  
Querida, respondi a teu e-mail, mas nao se esqueça que estou a disposiçao...qualquer duvida me pergunte.
Bjs
Postado por Anonymous Meire : 11 de abr de 2008 06:28:00  
Vim agradecer sua adesão à blogagem Coisas do Brasil e aproveitei pra ler o texto sobre o Gentileza. Moro no Rio e , por conta disso, passo muitas vezes pelos painéis que ele pintou no centro da cidade. Um abraço!
Postado por Blogger Andréa Motta : 12 de abr de 2008 01:43:00  
Sonia, concordo com vc e com Meiroca, educaçao e gentileza vem de berco!!! Eu sempre digo as palavrinhas magicas e me revolto de ver pessoas q passam por faxineiras, porteiros e outros como se fossem seres invisiveis!!!
Sem falar na falta de gentileza com nosso mundo... me irrita qdo vejo alguem jogando lixo pela janela do carro!!!
Eh isso ai uma campanha pela gentileza para um mundo melhor!!!
Beijos, Dani
Postado por Anonymous Dani : 12 de abr de 2008 18:30:00  
Boa noite, Sonia! Deixei um presentinho pra você lá no blog! Bom domingo!
Postado por Blogger Andréa Motta : 12 de abr de 2008 23:33:00  

Postar um comentário